Portal Euclidense: Grupo na Bahia é suspeito de receber R$ 32 mil com fraude no benefício emergencial

INICIO

quinta-feira, 22 de julho de 2021

Grupo na Bahia é suspeito de receber R$ 32 mil com fraude no benefício emergencial

Operação da PF cumpre mandados em várias cidades para desarticular ações criminosas

Uma operação de combate às fraudes em benefícios emergenciais acontece em todo Brasil nesta quinta-feira (22). Na Bahia, há cumprimento de mandados e medidas cautelas em Guanambi, Canavieiras, Santa Luzia e Porto Seguro. No estado, um grupo é suspeito de fraudar 49 contas para receber o valor, conseguindo cerca de R$ 32 mil.

A operação  Animus Fraudandi, conta com uma força-tarefa com Polícia Federal, Ministério Público Federal, Ministério da Cidadania, Caixa, Receita, Controladoria-Geral da União e Tribunal de Contas da União foi feita para identificar fraudes massivas, que trabalha para desarticular organizações criminosas que montaram esquemas para receber o benefício ilicitamente. O valor foi pago a pessoas em vulnerabilidade por conta da pandemia.

Hoje, são cumpridos 29 mandados de busca e apreensão e quatro mandados de sequestro de bens - um total de R$ 60 mil foi bloqueado por ordem da Justiça. Além da Bahia, a PF foi às ruas no Ceará, Maranhã, Mato Grosso, Pará e Santa Catarina.

Aqui, a PF de Vitória da Conquista cumpre dois mandados de busca e apreensão, 3 mandados de medidas cautelares diversas da prisão e bloqueio de bens e valores chegando a R$ 20.413,57 em Guanambi e Canavieiras. 

Já a PF de Ilhéus cumpre quatro mandados de busca e apreensão em Canavieiras, um em Santa Luzia e um em Porto Seguro, ligados a um inquérito que investiga um grupo suspeito de fraudar pelo menos 49 contas do benefício, chegando ao total de R$ 32.971,50 fraudados em 25 dias. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário