Portal Euclidense: O que são e como funcionam os postos bandeira branca

INICIO

30/07/2021

O que são e como funcionam os postos bandeira branca

A expressão posto bandeira branca está cada vez mais conhecida por motoristas. Ela significa que que aquele estabelecimento não é vinculado a nenhuma distribuidora de combustível. Apesar de ter marcas nacionais e internacionais que revendem gasolina, álcool e diesel, no Brasil é possível oferecer o produto ao consumidor final de maneira independente, comprando o combustível diretamente da refinaria ou de um revendedor. Os postos de bandeira branca já são 48% do total.

Assim como os postos chamados “bandeirados”, eles necessitam da autorização da Agência Nacional de Petróleo (ANP) para funcionar. O órgão também exige os mesmos critérios para garantir a qualidade do combustível e determina que os postos de bandeira branca identifiquem nas bombas de qual distribuidora foi comprado o combustível vendido

Nos casos de gasolina importada, a mercadoria é testada ainda no porto, antes de ser descarregada em solo brasileiro.

“A fiscalização é muito rígida, não há como burlar. Existe uma fórmula da ANP a ser seguida. O índice de não conformidade, ou seja, quando não está de acordo com os parâmetros da ANP, é abaixo de 2% no Brasil”, explica Paulo Miranda Soares, presidente da Federação Nacional do Comércio de Combustíveis e de Lubrificantes (Fecombustíveis).

Paulo explica que a ANP visita os postos e os laboratórios dos fabricantes de combustível e recolhe um litro de cada tipo para examinar. Se um produto não estiver dentro da especificação, a agência autua o posto. A multa pode ir de R$ 5 mil a R$ 1 milhão.

O presidente da Fecombustíveis destaca que toda a produção de gasolina e óleo diesel no país é centralizada. Até o momento, isso garante que não haja diferença de qualidade entre os postos de gasolina. No caso do etanol, fabricado por usinas de álcool, ele explica que as chances de adulteração são pequenas:

“Não é fácil adulterar o álcool. A não ser que coloquem um pouco de água nele, mas é raro ter problema, porque é possível ver a cor dele na hora de abastecer. O óleo diesel tem mais chance de ser adulterado porque tem 11% de óleo de soja misturado e passa por um processo para retirar a parafina do óleo”.

Por não serem ligados a redes, os postos de bandeira branca têm a vantagem de garantir um preço mais baixo para o consumidor final. Isso porque eles conseguem comprar o combustível a preços menores por não terem os mesmos gastos de um estabelecimento de grande porte.

“Os postos de marcas maiores gastam dinheiro com marketing. Por isso, compram por um preço que varia entre R$ 0,10 e R$ 0,15 mais caro do que a bandeira branca. Um posto bandeira branca não tem esses gastos e pode vender combustível mais barato”, avalia Paulo.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário