Portal Euclidense: Após discurso antivacina, cantor britânico pega covid-19 e morre aos 40 anos

INICIO

31/08/2021

Após discurso antivacina, cantor britânico pega covid-19 e morre aos 40 anos

Ao ser internado, ele se revelou 'chocado' com efeitos da doença e arrependido do seu negacionismo

O músico inglês Marcus Birks morreu na última sexta-feira (27), aos 40 anos, vítima da covid-19. Ele era conhecido por seus discursos negacionistas e antivacinas.

Birks se dizia imune ao vírus por fazer exercícios regularmente, cinco vezes por semana. Ele estava internado no Royal Stoke University Hospital, em Staffordshire, Inglaterra. As informações são da BBC e do jornal Daily Mail.

Após pegar a covid-19, ele deu uma entrevista no dia 11 de agosto, enquanto estava no hospital, e contou que estava “chocado” com os efeitos da doença. Para a BBC, afirmou que passaria a aconselhar as pessoas a tomarem a vacina.

“Quando você sente que não consegue respirar o suficiente, é a sensação mais assustadora do mundo. Eu meio que era ignorante sobre isso e apenas adiei. A primeira coisa que direi a toda a minha família e a todos que eu vir é ‘tomem a vacina. E assim que eu conseguir, com certeza o farei”, disse na época.

Marcus deixou a esposa, Lis Birks, que está grávida. O casal compunha o duo The Chameleonz e o grupo musical Cappella. Nas redes sociais, o grupo manifestou o luto.

Fonte: Correio

Nenhum comentário:

Postar um comentário