Portal Euclidense: Xiaomi reembolsa clientes que compraram primeiro celular da marca

INICIO

11/08/2021

Xiaomi reembolsa clientes que compraram primeiro celular da marca

A Xiaomi resolveu comemorar os 10 anos de lançamento de seu primeiro smartphone, o Mi 1, com o reembolso de todas as pessoas que encomendaram e compraram o aparelho. A empresa afirma que venceu 184.600 unidades a 1.999 yuans (ou US$ 308), o equivalente a soma aproximada de US$ 57 milhões.

Para solicitar o pagamento, os usuários precisam ter o login e a senha de Mi ID que foram usados para comprar o aparelho na loja online da Xiaomi. O reembolso não será pago em dinheiro, mas sim em crédito para compra de outros produtos da empresa.

O valor talvez não seja suficiente para comprar os aparelhos top de linha, como o Mi 11. No entanto, será possível adquirir dispositivos mais modestos, como o Note 10 Pro e Poco X3 Pro, que custam por volta de US$ 308, ou aparelhos domésticos inteligentes e vestíveis por menos de US$ 300.

Do Mi 1 para a liderança mundial

A Xiaomi lançou o Mi 1 em seu mercado doméstico da China em 2011. O lançamento foi marcante para a empresa, oferecendo um smartphone acessível quase três anos antes que outras fabricantes como a OnePlus fizessem o mesmo.

O Mi 1 original veio com uma tela de 4 polegadas. O modelo veio com teclas de toque capacitivas para navegação e multitarefa. Além disso, o aparelho tinha uma única de câmera de 8 MP na parte traseira e uma câmera frontal de 2MP.

O smartphone da Xiaomi ainda trazia um processador SoC dual-core Qualcomm MSM8260 e 1 GB de RAM. O telefone era alimentado por uma pequena bateria de 1.930 mAh.

Ao longo dos anos, a Xiaomi se expandiu para vários mercados fora da China, se consolidando em vários países. Em junho de 2021, se tornou a maior empresa de smartphones do mundo, ultrapassando a Samsung e a Apple momentaneamente.

Por Aléxis Cerqueira Góis
via nexperts
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário