Portal Euclidense: Marcelo Serrado, Taís Araújo e outros famosos se manifestam após Bolsonaro associar vacina da Covid-19 à AIDS

INICIO

25/10/2021

Marcelo Serrado, Taís Araújo e outros famosos se manifestam após Bolsonaro associar vacina da Covid-19 à AIDS

Após Jair Bolsonaro (sem partido), associar, durante uma live no Instagram, a vacina da Covid-19 à AIDS, vários famosos resolveram se manifestar, contra ele, sobre a fale news nas redes sociais.

Na transmissão ao vivo, o presidente do Brasil leu uma notícia que dizia que as pessoas no Reino Unido que foram vacinadas com as duas doses do imunizante estavam adquirindo AIDS, algo que já havia sido refutado pela OMS.

Veja as reações das personalidades:

Marcelo Serrado definiu a declaração de Bolsonaro como “inacreditável”.

Taís Araújo: “Vacinas não causam AIDS. Vou compartilhar aqui também por motivos de informação necessária. Com as palavras de quem REALMENTE entende de ciência. A Dra. Jaqueline Goes é APENAS a biomédica que coordenou a equipe responsável por sequenciar o genoma do COVID-19 48h após o primeiro caso no Brasil. Ela trabalha com ciência, evidência e estatística, não com achismo ou fake news. Precisamos dar coro a ESSAS vozes”, disse atriz no Twitter.

Samantha Schmütz:“Quanta ignorância um presidente falar uma mentira dessa gravidade, esse cara é um desserviço para a humanidade! Acreditem na ciência”.

Zélia Duncan: “Criminoso. Os totalmente imunizados são os que vão levar a vida do planeta adiante. O resto é a desonestidade desesperada e criminosa de um sujeito desprezível”.

Diante da declaração falsa de Jair Bolsonaro, o Facebook e Instagram retiraram do ar a transmissão realizada por ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário