Terça, 28 de Junho de 2022
19°

Pancada de chuva

Euclides da Cunha - BA

TECNOLOGIA Diabetes

Huawei pretende lançar relógio capaz de medir o nível de diabetes do usuário

Um relógio com essa funcionalidade nativa pode ser útil para mostrar como o corpo responde a certos alimentos ou atividades físicas.

21/06/2022 às 13h38
Por: Redação Fonte: TUDO CELULAR
Compartilhe:
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A Huawei também planeja lançar um relógio inteligente com capacidade de medir os níveis de glicose no sangue. A novidade foi confirmada por um executivo da chinesa, sendo que a empresa quer aprimorar o módulo TruSeen para tornar esse recurso uma realidade.

Atualmente, o TruSeen está na quinta geração e ele usa diversos sensores para medir a frequência cardíaca e os níveis de oxigênio no sangue (SpO2), além de se adaptar aos mais diversos cenários para impedir a interferência externa.

De acordo com a Huawei, o desenvolvimento do novo recurso para o TruSeen está sendo realizado em conjunto com diversas instituições médicas da China.

Com isso, a marca ganha vantagem em relação aos concorrentes, uma vez que todos buscam uma maneira de entregar um método pouco invasivo para ler os níveis de glicose no sangue.

A Huawei também tem estudado uma melhoria para seus relógios que busca entregar recursos de avaliação de saúde no longo prazo. A ideia é rastrear e identificar irregularidades antes mesmo delas resultarem em um ataque cardíaco, por exemplo.

Claro que o maior "trunfo" que a empresa quer ter no seu catálogo é o monitoramento da glicose no sangue e a corrida pelo recurso está cada vez maior.

Atualmente, o acompanhamento da glicose é feito retirando uma gota de sangue. Esse processo, além de invasivo, não permite o monitoramento em tempo real.

Um relógio com essa funcionalidade nativa pode ser útil para mostrar como o corpo responde a certos alimentos ou atividades físicas. Enquanto que o histórico mais completo pode auxiliar no tratamento com remédios.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários