Terça, 28 de Junho de 2022
19°

Pancada de chuva

Euclides da Cunha - BA

POLÍCIA Audiência Remota

Ribeiro não será transferido para Brasília e é levado à PF de SP

Polícia federal alega restrições orçamentárias e risco de segurança para mantê-lo em São Paulo

22/06/2022 às 22h22
Por: Redação Fonte: ATARDE
Compartilhe:
Ex-ministro investigado por corrupção passará por audiência de custódia - Foto: Valter Campanato | Agência Brasil
Ex-ministro investigado por corrupção passará por audiência de custódia - Foto: Valter Campanato | Agência Brasil

O ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro, preso nesta quarta-feira, 22, na operação Acesso Pago da Polícia Federal, não será transferido para Brasília. Ele teve a transferência ordenada pelo juiz Ronaldo Borelli, da 15ª Vara Federal em Brasília, mas deve passar por audiência de custódia nesta quinta, 23, em São Paulo, através de videoconferência.

O jornal Folha de São Paulo apurou que a PF apontou questões financeiras que dificultam a transferência com aeronaves próprias e também o risco de colocar o ex-ministro em um voo comercial. Ribeiro foi preso em Santos (SP), por suspeita de corrupção de tráfico de influência no Ministério da Educação.

A audiência por vídeo atende a solicitação do advogado Daniel Bialski, que defende Ribeiro e acionou a Justiça para tentar reverter a transferência. O pedido foi negado em um primeiro momento, mas depois, com os argumentos da PF, a decisão foi revista.

Enquanto tenta manter Ribeiro em São Paulo, o advogado também deve acionar o Tribunal Regional Federal da 1ª Região para cancelar a prisão preventiva ou transformá-la em domiciliar.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários