Terça, 28 de Junho de 2022
19°

Pancada de chuva

Euclides da Cunha - BA

Geral Distrito Federal

Pavimentação de via é próximo passo na obra do viaduto do Recanto

Com investimento de R$ 30,9 milhões provenientes de recursos do Governo do Distrito Federal, a construção gera cerca de 400 empregos; 80 mil motori

23/06/2022 às 07h10
Por: Redação Fonte: Agência Brasília
Compartilhe:
Ana Carolina
Ana Carolina

A construção do viaduto do Recanto das Emas/Riacho Fundo II, que vai facilitar a vida de cerca de 80 mil motoristas que passam pela região, segue a ‘passos rápidos’. De acordo com o Departamento de Estradas de Rodagem (DER) – responsável pela obra – toda a parte de escavação das trincheiras por onde passarão os veículos foi concluída. Agora, os operários intensificam os trabalhos para finalizar os serviços na pista que passa debaixo do viaduto e segue no sentido Gama.

De acordo com o superintendente do DER, Cristiano Cavalcante, o viaduto chegou esta semana a 80% de execução. “Toda a terraplenagem dessa pista, a execução de sua base, já foi terminada. Nos próximos dias vamos começar a pavimentação que é um passo muito importante”, aponta o engenheiro, lembrando que o trecho a ser asfaltado é parte da rodovia DF-001, que liga a região central de Brasília ao Gama e vice-versa. Ele tem 700 metros de extensão.

De acordo com o superintendente do DER, Cristiano Cavalcante, o viaduto chegou esta semana a 80% de execução | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília
De acordo com o superintendente do DER, Cristiano Cavalcante, o viaduto chegou esta semana a 80% de execução | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília

O objetivo do departamento é liberar essa passagem o quanto antes, para melhorar o fluxo de veículos em toda a região. “Atualmente, o trânsito está desviado para as duas marginais – a do lado do Recanto e a do Riacho Fundo II. Com a conclusão dessa pista, desafoga as marginais. A população já sentirá a diferença”, acredita Cavalcante.

Um ‘presente’ para o Recanto das Emas

Com investimento de R$ 30,9 milhões provenientes de recursos do Governo do Distrito Federal (GDF), a construção do viaduto gera cerca de 400 empregos. Um consórcio de empresas terceirizadas executa a empreitada.

Além de uma passagem segura e com qualidade para a população das duas cidades, o elevado também vai beneficiar moradores do Riacho Fundo, Samambaia, Gama, Santa Maria e municípios do entorno.

Os operários intensificaram os trabalhos para finalizar os serviços na pista que passa debaixo do viaduto
Os operários intensificaram os trabalhos para finalizar os serviços na pista que passa debaixo do viaduto

Segundo o administrador do Recanto das Emas, Wanderley de Deus, a expectativa na cidade é grande, visto que os enormes engarrafamentos por ali devem cessar. O antigo balão que existia no local deu lugar ao novo elevado.

“Nossa região administrativa fará aniversário em julho e afirmo que esta obra é um grande presente para a população”, observa. “Muitos moradores que se deslocam para trabalhar no Plano Piloto, por exemplo, gastavam 1h30 no trânsito em média. Com o viaduto, isso tudo vai acabar e melhorar a qualidade vida das pessoas”, aposta.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários