Terça, 28 de Junho de 2022
19°

Pancada de chuva

Euclides da Cunha - BA

Geral Pará

Igeprev desenvolve ferramenta para acompanhar arrecadação em tempo real

Instalado na coordenadoria de Arrecadação e Fiscalização (Coaf), o novo sistema mostrará a arrecadação mensal dos fundos administrados pelo Instituto

23/06/2022 às 15h45
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

O Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Pará (Igeprev) está na etapa final de desenvolvimento de uma ferramenta para acompanhamento, em tempo real, das arrecadações previdenciárias. O objetivo do "Arrecadômetro Previdenciário" é aumentar a transparência sobre os valores administrados pelo Igeprev.

O sistema é baseado no "Impostômetro", mecanismo desenvolvido pelo Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, que monitora a arrecadação dos tributos federais, estaduais e municipais.

No segundo semestre de 2022, o arrecadômetro ficará disponível no site do Igeprev e nos monitores nas centrais de atendimento em todas as agências do Instituto.

Fundos previdenciários
O Igeprev gerencia dois fundos previdenciários, além do Sistema de Proteção Social dos policiais e bombeiros militares do Estado.

O Fundo Financeiro de Previdência do Estado do Pará (Finanprev) é o fundo no qual os servidores da ativa, que ingressaram na administração estadual até 2016, contribuem para o pagamento dos benefícios aos inativos.

O Fundo Previdenciário do Estado do Pará (Funprev) é o fundo de capitalização para custeio dos benefícios aos servidores estaduais com ingresso a partir de 2017.

O Sistema de Proteção Social dos Militares (SPSM) é o sistema de custeio para reserva, reforma, pensão e assistência social.

Arrecadação
Para a competência do mês de maio, a Coordenadoria de Arrecadação e Fiscalização (Coaf) do Igeprev projetava o recebimento dos seguintes valores: R$ 169.115.081,00 para o Finanprev; R$ 6.900.326,22 para o funprev; e R$ 50.947.623,79 para o SPSM.

Contudo, até 20 de junho, o Finanprev arrecadou R$ 168.592.326,04 (o que corresponde a 99,75% do valor estimado); Funprev e SPSM arrecadaram 100% dos valores projetados pela Coaf.

Todos os órgãos do Poder Executivo, prefeituras e demais entes da Administração Pública que têm servidores cedidos pelo Estado têm até 13 de junho para realizar o pagamento das contribuições previdenciárias da competência de maio.

“Após a data de vencimento é cobrado do órgão devedor juros de 0,5% ao mês", explica o coordenador do Coaf, Marcelo Rodrigues.

Pró-Gestão RPPS
Em 2021, o Igeprev foi certificado como Nível II no Programa de Certificação Institucional e Modernização da Gestão dos Regimes Próprios de Previdência (Pró-Gestão RPPS), do Ministério do Trabalho e Previdência Social. O Pará é o sexto estado a obter essa certificação, o que coloca o Instituto no rol dos melhores órgãos de gestão previdenciária do Brasil.

O Pró-Gestão tem como objetivo incentivar a adoção de boas práticas de gestão, divididas em três pilares: Controles Internos, Governança Corporativa e Educação Previdenciária.

Giussepp Mendes, presidente do Igeprev, ressalta que o arrecadômetro atende aos princípios da publicidade e transparência, com informações seguras e de fácil acesso. “O arrecadômetro é um passo adiante no esforço da atual gestão de oferecer melhorias que impactem na segurança das informações, além de atender ao processo de certificação de qualidade do Pró-Gestão”.

Texto:Cristiano Nascimento/Ascom Igeprev

Por Cácia Medeiros (IGEPREV)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários